Vai comprar uma propriedade rural? A tecnologia é uma aliada indispensável

Conhecer o comportamento de um terreno e identificar, entre tantos, o lote mais produtivo. Tratar aquela terra e fazer dela um solo fértil e vigoroso. Para os empresários do campo, o primeiro passo é a escolha da área onde fixar o seu sonho empreendedor.

Esse processo, caracterizado muitas vezes pelo “feeling” do comprador, vive atualmente uma verdadeira revolução tecnológica. Hoje, é possível obter dados e indicativos que auxiliam em uma análise aprofundada sobre as áreas produtivas.

Ou seja, antes de fechar o negócio, o empreendedor pode ter em mãos informações confiáveis, a um custo acessível, que outrora somente aqueles com alto poder de investimento teriam – e com uma taxa de confiabilidade inferior. Tal mudança influencia diretamente o processo de escolha das melhores áreas e da projeção dos ganhos futuros.

CEO da Agronow, Antônio Morelli não tem dúvidas do potencial transformador que a democratização da tecnologia pode promover no campo. De acordo com ele, o acesso às informações  pode representar, lá no final da cadeia produtiva, uma economia de nada menos que 30% em relação ao modelo praticado sem a aplicação da tecnologia.

“Certamente o impacto sobre os ganhos ou as perdas de um produtor nas negociações de sua terra ou de sua produção são enormes quando ele pode ter mais controle sobre todos os processos e operações. Calculamos que entre perdas e ganhos efetivos, a diferença possa chegar a 30% de economia em toda a cadeia”, explica.

Pequenos produtores

Este novo panorama do agronegócio inclui também os pequenos produtores. Isso porque, ao contrário do que pode parecer, tais serviços são oferecidos a preços acessíveis. A relação entre custo e benefício acaba valendo a pena, tanto para a escolha da área plantada quanto para a condução da produção.

Plataforma web, a Agronow é pioneira na área. Sua tecnologia é baseada em conceitos termodinâmicos para determinar produtividade agrícola, permitindo um total diagnóstico da produtividade. Além de fornecer dados sobre o atual estágio do cultivo, o sistema permite estimar o potencial produtivo da safra com meses de antecedência e com alta taxa de acerto. O processo, além de muito simples, consegue levantar informações de safras passadas, permitindo quadros comparativos e análises históricas, criando um verdadeiro big data do campo.

“Uma das premissas da tecnologia é facilitar o acesso do público em geral às soluções e tornar mais ágil processos complexos de análise para tomada de decisões estratégicas e cotidianas. Atualmente, pode-se ver mais ferramentas disponíveis inclusive por meio da internet. Aí o desafio é tornar esse público ‘educado’ para usar ferramentas digitais”, aponta Antônio Morelli

EXPERIMENTE A PLATAFORMA AGRONOW GRÁTIS

Deixe seu comentário