2016 o ano da transformação do campo

Muita coisa aconteceu em 2016 enfrentamos protestos, uma forte crise econômica e política, sediamos as olimpíadas, superamos um impeachment e toda a instabilidade quem vem junto, tragédias que marcaram todos, porém algo realmente mudou na vida do produtor rural, uma transformação foi evidente e está sendo sentida nos quatro cantos do Brasil.

A agricultura vem se reinventado de maneira muito profunda, análises em segundos, imagens de satélite, grande volume de informações confiáveis tudo na palma da mão, de maneira simples e barata a serviço do produtor e a um clique de distância, um ganho de tempo e economia de dinheiro!

O produtor cada vez mais precisa tomar decisões rápidas e de maneira assertiva, ou seja, know-how e experiência. Com a chegada dos BigDatas, as imagens de satélite, mapas e relatórios sempre que necessário, tudo ajustável para cada manejo e cada cultura o braço direito do trabalhador do campo com menos esforço e mais eficiência.

Muito mudou desde os anos 70 quando começávamos a deixar pra traz uma agricultura modesta e manual até tornarmos um potência agrícola. Hoje a revolução chegou e a busca pelo aumento da produtividade, uma conversa vantajosa entre a tecnologia e a agricultura.

Jovens produtores, os netos e filhos de produtores estão em busca de novas tecnologias para otimizar o dia a dia do campo de maneira produtiva e sustentável. Uma geração familiarizada com as novidades do mundo moderno abrindo a porteira das fazendas e aliando tradição e tecnologia.

A agricultura fecha o ano com o salto positivo teve um ótimo desempenho sendo o setor da economia que mais empregou esse ano representando 20% do total de empregos no pais o equivalente a 19 milhões de trabalhadores e já levanta o pé direito para entrar em 2017, com estimativas de safras recordes e pronta para desbravar novos desafios, colocar em pratica novas tecnologias a agricultura 4.0 e produzir mais, afinal o produtor moderno mantém um olho na plantação e outro no tablet.

Deixe seu comentário