Vendaval e chuva de granizo destroem barracões e prejudicam soja

Produtores da região de Sorriso (MT) foram surpreendidos com mudança de tempo que causou grande destruição na região

No fim da tarde deste sábado, dia 5, ventos de 100 km/h, acompanhados de forte chuva de granizo, derrubaram árvores e barracões e prejudicaram plantações de soja de uma comunidade rural do município de Sorriso (MT).

Em consequência do mau tempo, postes de sustentação da rede de energia às margens da BR-163 foram deslocados. A chuva se concentrou próxima à comunidade rural do Barreiro, onde se concentra a maior a produção do município de Sorriso. Na fazenda Vista Alegre, que pertence ao produtor Ildo José Damiani, os impactos causados foram grandes.

“Foi um verdadeiro temporal, ficou tudo escuro e de repente começou uma grande ventania que passou a destruir tudo. Derrubou dois ipês que eu tinha na fazenda, arrancou árvores com a raiz e tudo, entortou os postes de energia da rodovia,  estourou duas portas do barracão da fazenda. O estrago só não foi maior porque um dos funcionários correu e abriu os portões da parte de trás do galpão para o vento passar, senão tinha arrebentado com a cobertura toda”, relata Damiani. De acordo com ele, foram 60 milímetros da chuva acompanhada de granizo que durou cerca de 40 minutos.

Os 230 hectares de soja cultivados pelo agricultor nesta safra, e que estão em plena floração, também foram castigados. Preocupado, o produtor afirmou que muitas plantas foram desfolhadas e que ele ainda não sabe o tamanho do prejuízo. “Temos que avaliar ainda para ver se há recuperação, mas, com certeza, a produtividade nessa área vai ser afetada; as pedras de granizo eram grandes, nunca tinha visto algo parecido”.

Segundo o produtor, neste ano as chuvas estão irregulares no estado e confundem os agricultores, que nunca teriam enfrentado situação semelhante. Confira abaixo o vídeo feito por Damiani.

Fonte: Canal Rural

Deixe seu comentário