Safra de grãos deve atingir 224 milhões de toneladas em 2018 e ser a segunda melhor da história, prevê IBGE

A safra de 2018 traz boas perspectivas para o agronegócio brasileiro e pode ser a segunda melhor da história, atrás apenas da produção agrícola registrada no ano passado.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) atualizou a previsão da safra 2018 para 224,3 milhões de toneladas de grãos, principalmente em razão das chuvas de dezembro, que apresentaram volumes acima do esperado.

O número, divulgado no terceiro Prognóstico para a Safra Agrícola, representa 4,8 milhões de toneladas a mais do que o estimado no segundo prognóstico, publicado no mês passado.

Em relação à safra recorde de 2017, seria uma queda de 6,8% – 16,3 milhões de toneladas. Alguns dos motivos apontados para a redução são os atrasos no plantio da soja e a demora no plantio de milho de segunda safra.

Há previsão de colheitas favoráveis de soja (112,3 milhões de toneladas), milho (84,5 mi/ton), arroz (11,9 mi/ton), feijão (3,4 mi/ton) e café (3,2 mi/ton). Três produtos relevantes na próxima safra devem apresentar variações negativas em comparação com 2017: milho 1ª safra (-14,4%), arroz em casca (-5,9%) e soja em grão (-2,4%). Algodão herbáceo em caroço (4,7%) e feijão 1ª safra (5,0%) são as possíveis variações positivas.

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) também prevê números próximos aos do relatório do IBGE, com estimativa de safra com 228 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas neste ano.

    EXPERIMENTE A PLATAFORMA AGRONOW GRÁTIS

Leia também:

STARTUP em CAMPO

STARTUP em CAMPO

Na edição de abril da revista Globo Rural (nº 378) tem como destaque as startups, empresas…

Saiba mais

Deixe um comentário