Agronow é destaque na revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios.

A experiência como policial ambiental despertou no biólogo Antônio Morelli o desejo de investir em tecnologia para o agronegócio.

“Trabalhava na região de Ribeirão Preto (SP) e constatei a dificuldade de obter dados sobre produção de cana-de-açúcar”, afirma.

Já em 2003 montou uma empresa de consultoria em projetos agroambientais que utilizava imagens captadas por satélite, a Sigmatec, em sociedade com Walkiria Sassaki.

Em outubro de 2015 nasceu a Agronow que conta com mais dois sócios, Guga Stocco e Emiliano Melchiori.

A empresa usa imagens de satélite para determinar os níveis de eficiência na produção, além de apontar falhas no plantio e pragas em seu estágio inicial.

“O sistema analisa o padrão da vegetação e faz estimativas de produtividade. É possível dizer, por exemplo, quanto uma planta aproveitou dos insumos que recebeu”,diz Morelli.

A estimativa de colheita em determinada safra é realizada com uma precisão média acima de 90% e já é possível realizar o monitoramento das culturas de soja, milho, cana-de-açucar, algodão e eucalipto, além de mapear pastagens.

A Agronow oferece o uso de sua ferramenta gratuitamente por 30 dias e os produtos fornecidos pela plataforma são:

  • Mapa de produtividade
  • Mapa de umidade
  • Mapa de temperatura
  • EVI e NDVI

Para experimentar a Agronow gratuitamente basta clicar aqui.

Deixe seu comentário