Soja em grão puxa superávit da balança comercial e Cepea prevê recorde de exportações em 2017

O agronegócio brasileiro mantém o fôlego neste ano e apresenta números expressivos nas exportações, com chances de novos recordes até o fim de dezembro.

Segundo pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq/USP), o volume embarcado cresceu 5,7% de janeiro a setembro, em comparação com o mesmo período de 2016, e os preços em dólar subiram 8,3%.

O estudo, divulgado na semana passada, traz dados detalhados do terceiro trimestre e mostra que as exportações atingiram o valor de US$ 74 bilhões até setembro, o que representa um aumento de 9% em relação aos números registrados entre janeiro e setembro de 2016. Em moeda nacional, o crescimento no faturamento foi de 1,2%.

Os pesquisadores do Cepea apontam que o principal produto exportado foi a soja em grão, com 23,3% de aumento nos nove primeiros meses do ano. Frutas (5,8%), carne bovina (4,5%), celulose (2%) e açúcar (0,6%) também ajudaram a melhorar o saldo das exportações. Por outro lado, houve redução nas vendas de alguns produtos, principalmente etanol (34,1%), algodão em pluma (29,7%), suco de laranja (13,6%), milho (10,7%), café (9%) e farelo de soja (5,8%).

O principal comprador dos produtos agrícolas brasileiros no exterior continua sendo a China, com compras que representam mais de 30,3% do total de vendas até setembro – em especial da soja em grão (78,21%). Os países da zona do Euro tiveram 15,1% de participação nas vendas totais, seguidos dos Estados Unidos (6,3%).

Os especialistas responsáveis pela pesquisa indicam que o cenário macroeconômico de queda da inflação e a redução das taxas de juros trazem boas perspectivas para investimentos na produção agrícola nacional, e a demanda do mercado internacional deve se manter firme, graças principalmente ao mercado chinês.

Confira a pesquisa completa do Cepea aqui.

EXPERIMENTE A PLATAFORMA AGRONOW GRÁTIS

Leia também:

Deixe seu comentário